domingo, 19 de julho de 2015

Vestido com cinto: a combinação que agrega charme ao visual!

Foto: Reprodução / LaVi BH

Metálicos, de couro, finos e grossos. Com o passar do tempo, os cintos deixaram de algo apenas funcional e passaram a ser parte importante da composição de looks. Disponíveis nos mais variados modelos e estilos, ele é um dos acessórios mais democráticos e transita com grande facilidade entre todas as estações do ano e peças do guarda-roupa, como calças, shorts e, até mesmo, vestidos.
Os vestidos também estão presentes em todas as coleções durante o ano que, sempre muito femininos, podem ganhar um charme extra com o auxilio do acessório.

A combinação entre estas duas peças-chave do guarda-roupa feminino é uma ótima opção para as mulheres que desejam construir um look moderno, elegante e muita feminilidade sem abrir mão do conforto.


Vestido casual longo



Ideais para serem utilizados com a cintura bem marcada, os vestidos longos recebem com facilidade os cintos mais finos, enquanto a utilização dos mais grossos merece atenção.

Apostar nos fininhos e naqueles que têm até três dedos de largura, por serem versáteis. Cintos muito grossos são mais complicados de usar e requerem mais informação de moda e estilo, por isso, no dia a dia, acho que vale a pena investir nos mais práticos.

Vestido casual curto



O vestido com uma pegada mais casual é uma peça presente no guarda-roupa de toda mulher. Ideais para os mais variados tipos de ocasiões, os modelos curtos podem ganhar um toque a mais de feminilidade e estilo com a utilização de cintos. Além disso, abusar do acessório faz com que modelos mais básicos sejam vistos como peças mais requintadas e dão uma cara nova ao vestido toda vez que ele é usado.

A dica para arrasar na parceria entre com os vestidos curtos e mais soltos, é dar preferência para os modelos de cintos mais delicados e discretos. Neste caso, normalmente o vestido fica ‘blusado’, com estilo folgadinho e despojado. Já os justos pedem cintos mais largos.

Vestido plus size

Por afinar a silhueta e valorizar a cintura da mulher, a combinação de vestidos com cintos acaba sendo ideal para as mulheres plus size. O jeito mais usual de fazer a união entre os dois é com a colocação do cinto na linha logo abaixo dos seios, mas também é permitido colocá-lo na altura do umbigo. Nesse caso, a dica é optar por um da mesma cor que a roupa, para não realçar a circunferência da cintura.

Vestido de festa



No caso da combinação com vestidos de festa, sejam eles curtos ou longos, o cinto deverá ser apenas um detalhe com o objetivo de ajustá-los a silhueta ou deixá-los com um visual mais leve e descontraído.

A preferência é sempre dada para os cintos metalizados, porém a restrição de que estes modelos são exclusivos de looks noturnos já não existe mais e que eles podem transitar facilmente em todas as ocasiões. Os metalizados, tanto cintos, como sapatos e bolsas, transitam livremente em looks diurnos e noturnos, se usados com bom senso.


5 dicas para não errar na hora de usar o seu vestido com cinto:

1- Os cintos devem ser usados dois dedos acima do umbigo nas produções com cintura alta ou quatro dedos abaixo nos looks em que a intenção é deixá-los soltinhos.

2- As baixinhas e mignon devem evitar os cintos muito grossos e chamativos e dar preferência aos tons neutros e da cor da roupa, a fim de criar a ilusão de um visual contínuo e elegante.

3- As mulheres de cinturas mais finas e quadris mais estreitos devem respeitar a questão de proporção e apostar sempre em cintos mais finos, que não deixam o visual carregado e mantém a delicadeza.

4- Os modelos mais largos ficam ótimos também em mulheres com seios mais fartos ou cinturas maiores. A aparência mais robusta deles faz com que seja criada a sensação de afinamento da silhueta com mais facilidade.

5- Os cintos servem também para inovar o visual do vestido, fazendo com que ele possa ser usado mais de uma vez e em cada uma com um aspecto diferente. Então use e abuse deste acessório que é encontrado com muita facilidade e em preços bem acessíveis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário